Are you in ?

Visit our online store design especially for your country

go to website
Stay on this website
O teu carro está parado durante a pandemia? Isto é o que podes fazer para o proteger

Dicas

07 Maio 2020

O teu carro está parado durante a pandemia? Isto é o que podes fazer para o proteger

O teu carro está parado durante a pandemia? Isto é o que podes fazer para o proteger

As paragens prolongadas durante semanas podem estragar de vez vários componentes dos automóveis


O surto do novo coronavírus colocou a maioria dos portugueses em casa durante mais de um mês, deixando os seus automóveis parados por muitos dias ou semanas.


Se uma grande parte dos componentes de um carro se desgasta pela sua utilização continuada, como é o caso dos pneus, da transmissão ou dos travões; a paragem prolongada também não é a melhor solução para os automóveis.


É verdade que as regras de manutenção variam consoante os modelos e a sua idade – os mais recentes não precisam de tanta manutenção nesta fase, ao contrário dos automóveis mais antigos que compõem uma grande parte do parque automóvel em Portugal.


Para que o teu carro não se estrague durante estes dias, aqui ficam algumas recomendações básicas sobre a manutenção que deves fazer neste período excecional.


Cuidado com a bateria


Um dos elementos do carro que mais sofre com esta paragem durante a pandemia é, sem dúvida, a sua bateria. Com a falta de atividade durante dias, ela pode descarregar-se facilmente.


Um dos conselhos mais úteis que te podemos dar é desligares o borne negativo da bateria durante o tempo que o carro estiver parado – assim preservas a sua saúde. Mas é importante que tenhas em atenção que, nos automóveis mais recentes, desligar a bateria implica também alguns problemas com o sistema elétrico – o alarme, por exemplo, fica desativado. Deves, por isso, respeitar o manual do utilizador do teu próprio carro.


Atenção aos pneus


Os pneus desgastam-se com a circulação dos carros, é verdade. Mas também perdem propriedades quando estão parados durante muito tempo. O maior risco prende-se com a possível deformação por estarem muito tempo no mesmo ponto.


Idealmente, deves encher os pneus antes de os deixar parados por muito tempo. Podes mesmo enchê-los um pouco acima da pressão recomendada pelo fabricante, uma vez que o veículo estará parado e irá perder também pressão de forma natural. Caso tenhas uma garagem, podes também empurrar o veículo uns centímetros para a frente e para trás para variares o ponto de contacto dos pneus com o piso.


Se puderes, deixa o carro num local protegido


Idealmente, a melhor solução é teres o carro numa garagem fechada, onde ele fica menos exposto ao frio e calor, chuva e vento. Se isto não for possível, tenta deixar o veículo num local plano e afastado de árvores, de onde caem não só folhas, mas também galhos e pólen. Tenta também não deixar o travão de parque (quando manual) puxado totalmente para cima – mas apenas se a inclinação o permitir.


Tem atenção ao nível do depósito


A regra de não circular na reserva também se aplica neste caso de paragem, por motivos semelhantes. O teu carro deve ter o depósito acima do ponto médio, para impedir que sedimentos e impurezas se formem com maior facilidade. Passa num posto PRIO para encher o depósito e aproveita para verificar também os níveis do óleo do motor e do líquido de refrigeração.


Existe um localizador de postos da PRIO


Para que não saias de casa em vão, o melhor mesmo é confirmares se o posto PRIO onde te diriges está realmente aberto.


Para te ajudar, a PRIO tem vindo a atualizar diariamente essa informação no localizador de postos do site. Basta acederes e escreveres a cidade ou o código postal e verás todas as informações sobre o posto mais próximo. Se ele não estiver aberto, aparecerá uma mensagem com a seguinte informação: “Posto temporariamente encerrado devido a motivos de prevenção da Covid-19”.


Caso vás abastecer, usa métodos de pagamento alternativos


Se o posto mais perto de ti está aberto, toma outros cuidados igualmente importantes na prevenção da Covid-19: passa a fazer o pagamento dos abastecimentos de combustível nas bombas por via de cartões bancários ou através da aplicação PRIO.GO, sem ter de sair do carro: mais de 90% dos postos da rede PRIO estão equipados com equipamentos de pagamento nas bombas ou aplicação PRIO.GO.