Are you in ?

Visit our online store design especially for your country

go to website
Stay on this website
Descobre a forma mais segura de transportar o teu animal de estimação

Segurança

19 Novembro 2018

Descobre a forma mais segura de transportar o teu animal de estimação

Descobre a forma mais segura de transportar o teu animal de estimação

Já lá vai o tempo em que as famílias iam de férias e deixavam os animais de estimação em casa, ao cuidado de amigos ou vizinhos. Cada vez mais os nossos cães e gatos são membros ativos do agregado familiar e, por isso mesmo, acabam por viajar connosco para onde quer que vamos.

Esta é uma situação que é positiva, mas antes de nos fazermos à estrada com os animais no banco de trás, há alguns cuidados que devemos ter. Os cães e gatos não podem ir simplesmente à solta. Em primeiro lugar por uma questão de segurança: podem ser um elemento de distração, podem tapar a visibilidade, e tornar-se rapidamente causadores de acidentes.

Se prezamos os animais como membros da família, devemos ter o mesmo grau de preocupação com a sua segurança que temos com os restantes elementos lá de casa. Até porque, em caso de acidente, tal como acontece a uma criança que não esteja devidamente segura, um cão ou um gato são facilmente projetados e podem sofrer danos que, em algumas situações, se podem revelar fatais.

Por fim, e não menos importante, convém saber que andar com um cão ou um gato à solta no carro pode valer uma valente multa, com valores que podem chegar aos 600 euros.

Por tudo isto, antes de arrancares de férias - seja para passar o Natal em casa da família ou para uma escapadinha no fim de semana - lê este artigo. É simples transportar os animais de uma forma segura e igualmente confortável:

Caixas de transporte

É a solução mais óbvia no que diz respeito ao transporte de animais em automóveis. Pode não parecer muito agradável para os amigos de quatro patas, mas evita distrações durante a condução, ao mesmo tempo que assegura espaço e ventilação suficiente para os animais. A caixa deve estar segura com um cinto de segurança, para evitar que caia durante uma travagem mais brusca que seja preciso fazer.

Cintos de segurança para cães

Existem e são cada vez mais confortáveis para os cães. Estes cintos são, essencialmente, mecanismos que ligam a coleira do animal ao seu peitoral e depois ao cinto de segurança do carro, protegendo o seu corpo em casos de acidente - tal como acontece connosco.

Grelha divisória

Quando os animais são demasiado grandes ou ficam muito stressados por estarem presos numa caixa ou agarrados ao cinto de segurança, uma boa solução pode passar pela instalação provisória - apenas para viagens - de uma grelha divisória. Tal como o nome indica, este mecanismo permite separar o local onde está o animal do espaço do condutor, evitando assim qualquer tipo de interferência com a condução.