Are you in ?

Visit our online store design especially for your country

go to website
Stay on this website
Feriados e pontes: sabes quantos fins de semana alargados vais ter em 2021?

Sazonal

10 Dezembro 2020

Feriados e pontes: sabes quantos fins de semana alargados vais ter em 2021?

Feriados e pontes: sabes quantos fins de semana alargados vais ter em 2021?

O novo ano traz várias oportunidades para ter vários dias seguidos de descanso.



A pandemia de Covid-19 veio mudar completamente os nossos planos, desde viagens a convívios. Embora ninguém saiba como vai evoluir a situação nos próximos tempos, mesmo que seja para ficar em casa, vale a pena estares atento aos feriados, pontes e fins de semana alargados que podes aproveitar ao longo dos próximos 12 meses.

A sexta-feira Santa (2 de abril) permite um fim de semana de três dias, junto ao sábado Santo (dia 3) e ao domingo de Páscoa (dia 4). Quase no final de 2021, uma vez que o Dia de Todos os Santos chega a uma segunda-feira, é possível juntar o 30 e 31 de outubro ao dia 1 de novembro, conseguindo o terceiro e último fim de semana prolongado.

AS PONTES POSSÍVEIS EM 2021

Não vão faltar oportunidades para pontes. Logo em fevereiro, devido ao Carnaval, que é um feriado facultativo, podes fazer ponte na segunda-feira, dia 15, e ter quatro dias de descanso.

Já em junho, o Corpo de Deus calha a uma quinta-feira (dia 3). Portanto, se tirares o dia seguinte, 4, poderás fazer ponte e ter quatro dias seguidos de descanso.

No mesmo mês, a propósito do Dia de Portugal, que se celebra a 10 de junho, uma quinta-feira, podes também tirar a sexta-feira, dia 11. No final de junho, que tal descansares nos dias 24, 25, 26 e 27? Pode ser possível nas zonas do País em que o Dia de São João, quinta-feira, 25, é feriado municipal.

A última possibilidade de ponte é no dia da Implantação da República, terça-feira, 5 de outubro. Podes tirar o dia anterior, 4, e descansar durante quatro dias.

Porém, há alguns feriados que em 2021 se vão celebrar ao fim de semana, como é o caso do Dia da Liberdade, 25 de abril, que calha a um domingo; o Dia do Trabalhador, 1 de maio, a um sábado; a Assunção de Nossa Senhora, 15 de agosto e domingo; e o Natal, 25 de dezembro, a um sábado.