Are you in ?

Visit our online store design especially for your country

go to website
Stay on this website
8 razões para comprar um carro elétrico

Mobilidade Elétrica

03 Maio 2018

8 razões para comprar um carro elétrico

8 razões para comprar um carro elétrico

Já há muito tempo que os carros elétricos deixaram de ser apenas uma novidade e todos os dias nos cruzamos com estes veículos silenciosos. Os números não enganam e mostram que Portugal é um dos países do mundo onde mais pessoas se estão a converter aos veículos elétricos. E cada vez mais há razões para o fazer.


Por isso, se está a pensar em trocar de carro nos próximos tempos, a pergunta que se deve colocar é: por que é que não compra um carro elétrico? A verdade é que os problemas originalmente apontados aos veículos elétricos estão, na maioria, resolvidos ou em vias de estar solucionados: os custos estão mais baixos, as baterias são mais resistentes, o tempo de carregamento diminuiu, a performance dos veículos tem vindo a ser substancialmente melhorada e há cada vez mais pontos de carregamento – a PRIO, por exemplo, conta com a maior rede nacional de pontos de carregamento para veículos elétricos.
Portanto, é muito extensa a lista de argumentos que podem ajudá-lo a tomar a decisão de comprar um veículo elétrico. Mas se ainda não está convencido, veja aqui todos os argumentos que o farão mudar de ideias:


Têm enormes benefícios fiscais
Sabia que o Governo lhe paga para comprar um carro elétrico? E aqui não é pagar no sentido figurado: suportado pelo Fundo Ambiental, o Estado dá um subsídio no valor de 2250€ às primeiras mil pessoas a apresentarem um comprovativo de compra de um carro elétrico. Mas os benefícios não ficam por aqui. Quem quer adquirir um automóvel elétrico pode já ficar a saber que o preço do veículo não inclui o Imposto Sobre Veículos (ISV). Estes beneficiam ainda de um baixo Imposto Único de Circulação (IUC), entre 7,91€ e 35,87€.


Os carros elétricos são mais baratos
De um modo geral, o preço de um veículo elétrico novo não é muito diferente do preço dos veículos tradicionais. Mais extra, menos extra, os preços acabam por oscilar pouco e a comparação, no papel, parece simples de fazer porque os valores são aproximados. No entanto, há uma diferença muito grande entre o valor que está no papel e o preço que efectivamente tem que pagar no final é grande, uma vez que há um conjunto muito alargado de incentivos e benefícios fiscais que reduzem o preço final dos veículos elétricos.


Os carros elétricos são mais amigos do ambiente
Este é o argumento mais ouvido e que é repetido até à exaustão em qualquer discussão, debate ou conversa sobre veículos elétricos. Mas a verdade é que é mesmo assim: um carro elétrico tem zero – zero – emissões de gases para a atmosfera.


Pode carregar um carro elétrico sem sair de casa
Se comprar um carro elétrico pode passar o resto da sua vida sem depender de postos de abastecimento. Claro que há imensas vantagens em usar pontos de carregamento como os que a PRIO tem na sua rede, mas a possibilidade de poder carregar o seu carro em casa ou até enquanto trabalha lhe tira imenso peso e preocupações dos ombros. E se fizer um investimento em painéis solares para a sua casa, até pode carregar a bateria do seu carro sem gastar um único cêntimo.


Passam os mesmos testes de segurança que os outros veículos
É um erro pensar que os veículos elétricos são, por alguma razão, menos seguros do que os veículos movidos a combustível tradicional. Até porque, para obterem autorização dos reguladores para chegar ao mercado, os veículos elétricos – independentemente da marca e do modelo – têm que ser submetidos ao mesmo número e tipo de testes de segurança que todos os carros que são comercializados. Curiosamente, os testes mais recentes mostram que a maior parte dos carros elétricos não só são tão seguros como os seus parentes, como em algumas situações têm um desempenho ainda melhor em termos de segurança.


A manutenção é mais barata
A equação é simples: modelos menos complexos e com menos peças são mais baratos de reparar. Esqueça as mudanças de óleo, esqueça a correia de transmissão ou a caixa de velocidades que parte. Já fez contas ao dinheiro que gastou nestes componentes ao longo dos últimos anos e quanto poupará se não tiver esse encargo no futuro. A grande preocupação com a manutenção de um carro elétrico prende-se com a saúde das baterias, mas as baterias têm um prazo de vida aproximado de 15 anos e atualmente a maior parte dos modelos de carros elétricos tem uma garantia de 8 anos/100 mil quilómetros.


São mais silenciosos (por fora e por dentro)
Uma das primeiras coisas em que quem conduz um veículo elétrico repara é na ausência de ruído. Ao início até pode ser estranho carregar no acelerador e não ouvir qualquer som, mas verá que se rapidamente se habituará a desfrutar deste silêncio. Um silêncio que, de resto, se estende ao exterior, especialmente quando circulamos em zonas urbanas. É o verdadeiro modo ninja.


Diga adeus aos parquímetros
São já muitas as cidades portuguesas – entre as quais Lisboa – onde os veículos elétricos estão isentos de pagar estacionamento. Portanto, se comprar um veículo elétrico não precisa mais de se preocupar em andar com trocos para o parquímetro ou de passar o tempo a olhar para o relógio com medo das multas ou dos bloqueadores.