Are you in ?

Visit our online store design especially for your country

go to website
Stay on this website
Já são conhecidos os vencedores do PRIO Jump Start

Inovação

17 Julho 2019

Já são conhecidos os vencedores do PRIO Jump Start

Já são conhecidos os vencedores do PRIO Jump Start

Fixa estes nomes: Enertecgreen, Wall-i e Sensei. É muito provável que oiças falar destas startups muito brevemente. Em primeiro lugar porque cada uma delas tem projetos que podem vir a revolucionar a vida de cada um de nós. E também porque são estes os vencedores da edição deste ano do PRIO Jump Start, o acelerador de empresas que a PRIO tem vindo a implementar ao longo dos últimos três anos.


Tal como nas edições anteriores, os vencedores deste ano do Jump Start da PRIO prometem muito: a Enertecgreen, da Letónia, é uma startup que apresenta uma uma solução de economia circular para produzir biocombustíveis avançados a partir de biomassa e resíduos agrícolas e urbanos. Já a Sensei – empresa portuguesa – especializou-se na criação de lojas completamente autónomas e de ‘check-out’ livre. Igualmente portuguesa, a Wall-i combina visão computacional e inteligência artificial para transformar qualquer ecrã numa poderosa ferramenta de marketing.


Os vencedores da edição deste ano do Programa da PRIO vão receber 10 mil euros de valor base para implementar o seu projeto piloto, contando ainda com uma bolsa de implementação com base na avaliação do modelo de negócio e apoio permanente da equipa Prio. Ou seja, nos próximos meses, estas empresas vão poder avançar com a produção dos seus projetos em ambiente real, com a ajuda da PRIO.


Ao todo, a edição deste ano do Jump Start contou com 83 candidaturas, provenientes de startups de 21 países diferentes.


Em jeito de balanço, o administrador da PRIO responsável por este projeto, Emanuel Proença, diz que esta é uma aposta para manter. "Queremos estar ao lado das melhores start-ups, sejam nacionais ou estrangeiras, de forma a podermos continuar a crescer e inovar em Portugal. No final quem irá sair a ganhar serão os nossos clientes e a economia nacional, através do apoio à criação de emprego e investimento em investigação e desenvolvimento (I&D)", sublinhou.